Os males causados pelas drogas

Os médicos chamam de droga qualquer substância, natural ou sintética, que altera funções do organismo, tanto fisiológica como de comportamento, que é utilizado como medicamento.

E drogas psicoativas são todas as substâncias também naturais ou sintéticas, que, ao penetrarem no organismo – ingerido, injetado, inalado ou absorvido pela pele – entram na corrente sanguínea e atingem o cérebro, alterando todo o seu equilíbrio.

São exemplos os analgésicos, os anestésicos, os calmantes e outros medicamentos, bem como o álcool, o cigarro, a maconha e outras substâncias consumidas com o fim de gerar sensações de euforia e bem-estar, mais que levam à dependência e causam grades males pessoais e sociais.

Esse tipo de droga também é chamado de tóxico ou narcótico, palavras que deram a origem aos termos narcotráfico e narcotraficante.

Dependência

A dependência é o consumo sem controle de qualquer tipo de droga é considerada uma doença que inclui fatores fisiológicos e psicológicos. O diagnostico que uma pessoa é dependente da droga é feito quando ela apresenta três ou mais dos fatores relacionados a seguir e em períodos determinados de tempo:

  • Fatores da dependência
  • Forte desejo de compulsão para consumir a substância;
  • Dificuldade para controlar o consumo da substancia; o individuo não tem controle sobre a hora de começar nem de terminar, assim como não consegue repelir o desejo por doses elevadas;
  • Evidência de tolerância: quando a pessoa necessita de doses cada vez maiores da droga para alcançar os mesmos efeitos produzidos anteriormente por doses mais baixas;
  • Abandono progressivo de prazeres ou interesses na vida em favor do uso da droga;
  • Aumento da quantidade de tempo necessária para obter ou tomar a substancia ou para se recuperar de seus efeitos;
  • Persistência no uso da substância, apesar dos efeitos nocivos que provoca, tais como: dano ao fígado por excesso de bebidas alcoólicas, estado mental, alterado, etc.
Compartilhe isso... Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInBuffer this pageEmail this to someone

Comments are closed.